Palcos e tramas da vida

TRAMAS E TEMPOS DA VIDA

Viver talvez seja está linda descoberta, de darmos significado ao momento presente, representando com nossas alegorias o que alma não sabe dizer o nome.

Caminhamos pela vida representando papéis, elaborando roteiros, despedindo personagens e contratando novos atores. Nos perdemos em tramas, e buscamos sempre um final feliz para a novela que criamos para nós mesmos.

Buscamos aplausos para os papéis que desempenhamos e choramos quando é preciso deixar o rascunho de um projeto inacabado e viver a obra original na qual estamos inscritos.

Talvez a vida seja mais bonita quando a alma faz dos sonhos uma aquarela de possibilidades e onde representamos não o ator coadjuvante, mas o personagem principal no palco da vida.

Padre Flávio Sobreiro

 

PALAVRAS DE SABEDORIA

Revestindo-vos de mansidão, regenerai-vos na fé que é a carne do Senhor, e na caridade que é o sangue de Jesus Cristo. Nenhum de vós tenha algo contra o próximo. Não deis ensejo aos gentios para não suceder que por causa de uns poucos insensatos a multidão que pertence a Deus seja ultrajada. Ai daquele por cuja leviandade meu nome é blasfemado no meio de alguns (cf. Is 52,5). 

Tapai, portanto, os ouvidos se alguém vos falar de outra coisa que não seja Jesus Cristo, que é da família de Davi, filho de Maria. Aquele que nasceu de verdade, comeu e bebeu, sofreu de verdade sob Pôncio Pilatos, foi de verdade crucificado e morreu, à vista dos seres celestes, terrestres e da profundeza da terra. De verdade ressuscitou dos mortos, ressuscitando-o seu Pai. À sua semelhança, também a nós que nele cremos, seu Pai nos ressuscitará no mesmo Cristo Jesus, sem o qual não possuímos a verdadeira vida. 

Da Carta aos tralianos, de Santo Inácio de Antioquia, bispo e mártir.

 

Padre Flávio Sobreiro © 2014 Todos os Direitos Reservados